A natureza demorou milhões de anos pra fazer tudo certinho…

imagem_planeta_terra
        Aí veio o homem e meteu a mão e desviou tudo do seu caminho
        Explorando sem consciência o planeta em nome da evolução.
        Sem pensar que no futuro iria causar a maior destruição.
 
       E o futuro não ta chegando, já chegou.
       E a natureza não ta gostando, e já se mostrou.
       E vem muito mais por aí, se não fizermos logo a nossa parte.

       Muito em breve teremos que ir morar em marte.

      
      Dói ver o que o homem faz com o planeta e os animais.
      Cortando as àrvores e matando os bichos pra ganhar dinheiro,
      Como se não fosse nada demais.
      A cada dia que passa o planeta é mais destruído.
      Temos que fazer logo a nossa parte ou então estamos perdidos.
 
      Recicle tudo que puder ser reciclável.
      E teremos um planeta muito mais saudável.
      Não gaste a preciosa água à toa.
      Acredite, essa é uma dica muito boa.
      Já encontramos tudo pronto.
      Consumimos por anos em vários pontos.
      A hora e de reconstruir e parar de destruir.
      Não temos mais tempo, o momento é de agir.
 
      Se quisermos deixar algo para as futuras gerações
      Temos que nos unir e conscientizar todas as nações.
      A história recente ta aí pra nos mostrar.
      Que a natureza já começou tomar de volta o seu lugar.
 
      É tanto veneno jogado no ar, que fez um buraco na camada.
      Ozônio que está derretendo o gelo polar.
      Aumentando o nível dos rios e mares.
      Invadindo os lares e causando mortes e destruições.
      Acabando com muitas vidas e cidades e nações.
 
      Ainda temos tempo de mudar essa situação.
      É só abandonarmos os interesses e colocarmos ação
      Tomara que o pobre homem entenda.
      Antes que tudo se extinga .
      Que a natureza não reage, ela se vinga.
 
      O texto acima foi escrito por um seguidor do nosso Movimento Lixo Zero, o TONY MELO, que como nós, é um protetor do nosso planeta. Super obrigada, Tony!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *